Texto da Sessão Catapulta 2011! Tipo Cabo Canaveral

É isso, camaradas: mais um outubro dedicado a lançamento de filmes no terreiro audiovisual do Mate Com Angu – u-hú e evoé!
E com isso mil reflexões, um milhão de questionamentos, um bilhão de poréns, mas sempre com a certeza de que é na ordem do fazer que a gente vai construindo alguma coisa melhor dessa vida
louca nesse planeta estranho.

Não é à toa que a sessão tá linkada na Seda, Semana do Audiovisual-RJ, braço ponta-firme do Circuito Fora do Eixo, iniciativa que vem tesudamente experimentando caminhos novos e
reconfigurando ideias não tão novas. O momento líquido atual pede ação ousada e essa malucada de todos os cantos do país vem mostrando que responsabilidade não precisa de sisudez e que Arte
e Economia podem conviver de boa nesse novo modelo de Ação Cultural. Subvertendo; inovando; recriando. Humanizando.

E não importa se muitos ainda insistem em dividir o audiovisual brasileiro entre os que são do Estabelecido e os que se auto-proclamam o Novíssimo Cinema – a cada dia uma Onda vigorosa vem crescendo, absorvendo, e mais filmes tem surgido com força pra levar as dicotomias limitadoras pra bem longe, dinamitando rótulos castradores. O mundo é grande, rapá.

E pensar que os filmes lançados no Mate sempre têm dado sorte em suas caminhadas mundo à fora… Que continue assim! 🙂

Então aproveite essa cauda de cometa e viaje com os filmes da sessão; aproveite também o show e a festa para deixar a alma levitar pelos novos rumos que têm se apresentado no horizonte. Enquanto houver maluco fazendo filme é porque a coisa tem jeito.

Abraços ba-lançantes
Cineclube Mate Com Angu
9 anos catapultando sonhos

Pra compartilhar pelaí

matecomangu

Cineclubismo na veia, desde 2002 agitando o imaginário de Duque de Caxias, Baixada Fluminense, mundo. Produção Cultural autônoma, guerrilha estética urbana, TAZ.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.