You are currently viewing Atlântico – clip novo de João Xavi na área!

Atlântico – clip novo de João Xavi na área!

clip atlântico - joão xavi

Carioca radicado em Berlin, João Xavi ressurge lançando clipe com sonoridade Afro-Hip-Hop

Após quase 4 anos colaborando com projetos de artistas alemães, João Xavi celebra a retomada de sua carreira com o lançamento do clipe de “Atlântico”.

A música, referência ao livro “Um rio chamado Atlântico” (Alberto da Costa e Silva) traça um paralelo lúdico entre África e Brasil, explorando uma sonoridade Afro-Hip-Hop recheada de sintetizadores e samplers de violão do paulistano Kiko Dinucci (Metá Metá) tudo isso em uma produção 100% analógica.

O vídeo foi dirigido pelo coletivo Eta Aquarídea! (que já trabalhou com artistas como Iara Rennó e Negro Léo) e editado pelo cineasta Igor Barradas (Mate com Angu). O ator Guido Marcondes interpreta Omulu, orixá ligado a Iemanjá e responsável pela transição dos espíritos desencarnados.

O conceito de sample, amplamente utilizado na música Rap, foi aplicado também no vídeo em forma de tributo e homenagem a obra de Jean Rouche, documentarista francês que dedicou a vida a registrar o continente africano em suas múltiplas nuances.

Atlântico é o primeiro lançamento do disco em fase de produção, o trabalho deverá ser batizado de “Batuque Low-fi”, um encontro antropofágico entre ritmos tradicionais e eletrônicos.

 

Link para o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=s34HWKuVHdk

www.joaoxavi.net

 

Ficha Técnica:

Letra e Música: João Xavi
Direção : Cristiana Miranda, Igor Cabral e Mariana Bley

Ator : Guido Marcondes

Luzes : João Marcos Mancha e Mariana Bley

Câmera : Igor Cabral e Mariana Bley

Montagem: Igor Barradas

Figurino: Fabíola Trinca

Produção : Igor Cabral e João Xavi

Assistência de Produção : Tai Linhares

Segurança : Paulo Mello

Samlper do original “Pade Onã” de Kiko Dinucci e Bando Afromacarrônico

Imagens adicionais do documentário ” Jaguar ” de Jean Rouch

Agradecimentos : Aidée Silva, Dido Savastano, Sabrina Bitencourt e João Bueno.

Um filme Eta Aquarídea – 2014

 

Pra compartilhar pelaí

Cineclube Mate Com Angu

Cineclubismo na veia, desde 2002 agitando o imaginário de Duque de Caxias, Baixada Fluminense, mundo. Produção Cultural autônoma, guerrilha estética urbana, TAZ.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.