Mate em transgressão na Plataforma Prisma

No último mês, o Mate foi convidado a ocupar um espaço no site da Plataforma Prisma.
O tema era transgressão.

Optamos por fazer um trabalho em conjunto: convidamos o Igor Freitas que tem o projeto Baixada 3.2 MP. São fotos tiradas com celular, ao passar pela cidade, uma coletânea de fragmentos que constituem uma miríade do cotidiano.

Pensamos a transgressão de deixar de desviar o olhar e transformar o desinteressante em centro de uma narrativa, a narrativa do cotidiano, a arte de uma reterritorialização das imagens da cidade, cavando o agora do morno dos dias.

Já não é a primeira vez que fazemos essas parcerias, no começo do ano organizamos uma publicação digital das fotos num livro. Agora, fazemos uma exposição num site dedicado a parâmetros de reconfiguração do imaginário.

As fotos do Igor estampam as sessões do site. O Mate fez um vídeo, em um diálogo das fotos com uma timeline que fala sobre a subjugação do homem às condições de dominação dos sistemas sociais desiguais.

Ficamos felizes de compartilhar isso.

Histórias da Abolição #1 from CINECLUBE MATE COM ANGU on Vimeo.

Acesse o site:
http://plataformaprisma.org.br/

Pra compartilhar pelaí

matecomangu

Cineclubismo na veia, desde 2002 agitando o imaginário de Duque de Caxias, Baixada Fluminense, mundo. Produção Cultural autônoma, guerrilha estética urbana, TAZ.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.